Nexus Assessoria

Notícias

PALAVRA DO EDITOR: NANUQUE COM CANDIDATOS DEMAIS; TRAPALHADAS POLÍTICAS, IDEM  

PALAVRA DO EDITOR: NANUQUE COM CANDIDATOS DEMAIS; TRAPALHADAS POLÍTICAS, IDEM   
25 setembro
10:22 2016
ademir

PROF. ADEMIR JR.

Muita gente apostou e até profetizou, mas ninguém desistiu. Na semana decisiva para as eleições do dia 2 de outubro, Nanuque marcha mesmo com o pelotão dos  sete candidatos a prefeito, impávidos e retumbantes, rumo ao desconhecido. Só para efeito de comparação, Teófilo Otoni, cidade com mais de 140 mil habitantes, quase quatro vezes a população de Nanuque, tem cinco candidatos a prefeito; Governador Valadares, maior ainda, com 280 mil hab., tem quatro; Vitória (360.000 hab.), capital com Espírito Santo, tem cinco; e Salvador, capital baiana, com quase 3 milhões de habitantes, tem exatamente sete candidatos a prefeito.

Mas Nanuque achou de se empavonar, e acabou batendo um recorde apalermado, decorrente de um bate-cabeça desatinado de sua classe política. Nunca tivemos tantos candidatos a prefeito. Também não é diferente para vereador, com cerca de 180 postulantes.

setePois bem, temos sete candidatos. No imaginário popular, o número sete conduz a todo tipo de pensamentos e significados, desde as famosas 7 pragas lançadas sobre o Egito, os 7 sacramentos, os 7 pecados capitais, os 7 pães que Jesus Cristo tinha para fazer a multiplicação, os 7 anos de azar para quem quebra espelho, as crises no casamento que acontecem a cada 7 anos, ou mesmo gente que pinta o 7, os 7 dias da semana, as 7 cores do arco-íris e os segredos guardados a 7 chaves. Enfim, superstição é o que não falta com o número 7.

Retornando à sucessão de Nanuque, não é novidade para ninguém que, dos sete, pelo menos quatro parecem bem longe das probabilidades de sucesso nas urnas. Dos comentários, enquetes, pesquisas sem registro, conversas, bochichos e nas impressões pessoais do cenário eleitoral, diria que três reúnem chances reais. Um deles já foi prefeito por três vezes e tem seu nome associado à culpa pelo declínio econômico de Nanuque, da década de 1970 para cá, já que ganhou a primeira eleição em 1976, exatamente 40 anos atrás. Cada um de seus mandatos registra para a cidade a perda populacional, comprovada pelo IBGE, acompanhada da falta de investimentos e pessimismo de toda ordem. Mesmo com tanta desonra atrelada à sua figura política, tem lá seus redutos.

Outros dois concorrem pela primeira vez ao cargo de prefeito: de uma ponta, um nome que já assumiu cargo de vereança e hoje tem perfil mais focado no setor empresarial, o que lhe permitiu construir uma campanha moderna, fundamentada em propostas de governo; de outra ponta, um postulante que sempre direcionou sua campanha a partir de um currículo mais técnico de gestão pública e experiência em prefeituras, nas quais trabalhou na condição de assessor.

Na – digamos – segunda divisão, entre os quatro menos referenciados ou rejeitados para o cargo, qualquer um que venha a crescer nessa reta final será fato novo, algo surpreendente, o que também faz parte das piruetas da política.

E para não esquecer do número 7, veja que daqui até a decisão nas urnas no domingo, 2 de outubro, serão 7 dias de agonia, corre-corre e aproveitamento das oportunidades que ainda restam no arco de eleitores indecisos, que deve se situar na órbita de 25% a 30% do eleitorado.

O cenário empapuçado de candidatos pode revelar uma certa falta de habilidade dos que, pouco tempo atrás, ainda se mostravam como “líderes” políticos, “chefes” ou “entendidos” do assunto. São 26 partidos envolvidos na campanha, divididos em coligações que abrigam de dois a oito partidos. Em alguns casos de impulso para candidatura, a vaidade foi a primeira motivação. Tudo tem seu preço. E terá.

E que não venha, depois, a tropa de “politólogos” de plantão, formados na escola do achismo, dizer que uma cidade com pouco mais de 30 mil eleitores, como Nanuque, dá exemplo de “saúde democrática” ao mostrar que tem sete candidatos a prefeito. Grande coisa…

 

PROF. ADEMIR RODRIGUES DE OLIVEIRA JUNIOR

 

Enviar

Busca de notícia

Redes Sociais

facebooktwitterPágina

Horóscopo Virtual