Nexus Assessoria

Notícias

MUCURI QUER EMPENHO DO MINISTÉRIO PÚBLICO NO PROJETO “RESPEITA AS MINA”  

MUCURI QUER EMPENHO DO MINISTÉRIO PÚBLICO NO PROJETO “RESPEITA AS MINA”   
11 outubro
09:19 2017

285815

Em documento encaminhado ao Promotor de Justiça da Comarca, Victor Freitas Leite Barros, o prefeito Dr. Carlos solicitou o empenho do Ministério Público para que a cidade de Mucuri seja contemplada com o projeto “Respeita as Mina”, passando a fazer parte do roteiro da respectiva “Caravana” que vem percorrendo várias regiões do estado.

O prefeito parabenizou o Ministério Público da Bahia pela parceria firmada com o governo estadual, por meio da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), o Instituto Avon e apoio da ONU Mulheres e do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher da Bahia (CDDM).

 

Prefeito Carlos Simões

Prefeito Carlos Simões

Para Dr. Carlos, o projeto “Respeita as Mina” traz uma abordagem nova e atrativa no trabalho de engajar e sensibilizar a população local para a importância da luta contra a violência às mulheres, buscando o fortalecimento da rede de atenção e também a conscientização da população em geral, principalmente da juventude para as graves consequências do machismo.

O PROJETO 

Dentro do trabalho desenvolvido pelo “Respeita as Mina”, são realizadas oficinas de capacitação, abordando o enfrentamento à violência a partir de um recorte de gênero. As oficinas são voltadas para a rede de atenção à mulher, rede de segurança, representantes da sociedade civil e estudantes da rede pública.

Constatou-se que sete municípios do Litoral Sul da Bahia estão entre os 100 com maiores índices de homicídios de mulheres no Brasil. Alguns apresentam taxas até quatro vezes maiores que a taxa média nacional de 4,8% por 100 mil habitantes.

O Termo de Cooperação Técnica da SPM com o Ministério Público da Bahia prevê ações conjuntas que promovam a defesa da cidadania, reestruturando e aperfeiçoando o combate à discriminação de gênero e racial por meio de estímulo e fortalecimento de Conselhos Municipais de Defesa dos Direitos da Mulher. A assinatura do acordo possibilitará a ampliação das iniciativas que contribuam para o empoderamento das mulheres, rompendo o ciclo de violência por meio de ações de prevenção e enfrentamento.

Enviar

Busca de notícia

Redes Sociais

facebooktwitterPágina

Horóscopo Virtual